25.2.09

A Idade dos Porquês

Se eu já sei que a partir de uma determinada hora da noite, não posso enviar sms's a ninguém, porque é que insisto em o fazer? Há vezes que me dá para dizer tudo o que estava atravessado aqui na guela e pronto para saltar cá para fora, há outras vezes que me excedo e parece que estou num completo estado de bebedeira mental. Gostava de saber se há algum estudo que comprova isto, ou se só acontece comigo... O sono pode ser muito mas, o que é certo, é que as mãos ainda estão aptas a escrever e sabem de cor o sítio das teclas e as letras que elas representam. Parece que a partir das 23h (em tempo de aulas) e a partir da 1h ou 2h da manhã (em tempo de férias) eu passo a ser bipolar e mostro o meu eu mais apurado à frontalidade ou outras vezes à divagação. Quem sabe se eu não era Aristóteles noutra vida? Isto dá mesmo que pensar. Mas como a partir deste post, tornei a minha demência oficial, fica aqui prometido: não respondo às mensagens a partir das horas indicadas acima. Aliás, vou colocar uma mensagem nos rascunhos a dizer "fechada para descanso do pessoal" para reencaminhar sempre que necessário a essas horas da noite.

6 comentários:

Cabeça no ar disse...

eu as vezes faço isso, mesmo so para chatear as pessoas :P

beijinho*

Marta disse...

Eu respondo a toda a hora... lol :p

beijinhos

Lau disse...

Tambem precisava disso :/

Beijinho

Filipa disse...

eu também sou assim... :p mas o mais fixe é quando mandas merdices com que tás a sonhar na mensagem para uma pessoa que nem era suposta saber daquilo... :D

'C. disse...

sono e alcoól teem o mesmo efeito: dá-nos pra dizer de tudo.

L. ♥ disse...

' Há vezes que me dá para dizer tudo o que estava atravessado aqui na guela e pronto para saltar cá para fora. ' Pareço eu... =$

Não te assuste porque não és a única a enviar sms durante o sono- pós sono. xD

http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?section_id=9&id_news=157160

*